Brasileira Muçulmana - Como eu me converti ao islã?




Bismillah


Assalamualaikum warahmatullahi wabarakatuh


Queridas irmãs e irmãos no islam, hoje venho compartilhar com muito carinho uma das coisas mais importante que aconteceu na minha vida. A minha coversão ao Islamismo.


Quando eu inicie o blog eu tinha como o principal objetivo compartilhar a minha jornada ao islã. Mas o medo de escrever era muito grande, e para quebrar o medo eu comecei a escrever assuntos que para mim eram simples explicar ou que necessitava apenas de algumas pesquisas. E foram passando o tempo e eu esqueci de compartilhar uma das coisas mais importante para mim que é compartilhar a linda jornada que eu tive na descoberta do islamismo.


Quando pequena eu era uma criança curiosa, e gostava de fazer perguntas sobre tudo. Eu não aceitava um ‘porque não tem resposta’ porque para mim tudo era explicável.

As crianças são curiosas e eu não era diferente. Mas uma coisa me diferenciava das pessoas à minha volta, que era a paixão pela religião, é claro que eu também passei pela fase de ser obrigada a ir na igreja pelo meus pais, e dormi no banco da igreja o culto todo, sim eu passei por isso, eu amava religião mas também não era tão fanática assim, afinal eu era criança. Mesmo assim, sempre que eu tinha a energia necessária para ficar acordada e prestar atenção nas palestras, eu simplesmente mergulhava nos ensinamentos e nas histórias contada pelo pastor. 


Junto a todos esses ensinamentos que eu obtive através dos meus estudos da bíblia de dos ensinamentos da igreja, vieram as perguntas que sei que outras milhares de pessoas no mundo todo fazem. Até porque isso vem de Deus. Quando ele nos colocou neste mundo, ele plantou essa semente da curiosidade e do desejo pelo conhecimento.


Morando em um lugar onde em cada rua havia uma igreja de normas e doutrinas diferentes e até opostas uma da outra, era difícil saber qual era  a correta. Muitas pessoas resolvem não fazer essa pergunta e apenas aceitam a primeira doutrina e pronto. Eu sendo curiosa não quis aceitar assim de cara a primeira doutrina. Então o que eu fiz?

 

Eu resolvi visitar cada uma das igrejas a qual eu tinha dúvida e curiosidade sobre os ensinamentos.


Foi uma busca solitária e de muitos desafios, onde me levou a altos e baixos na minha fé e na minha crença. Eu cheguei a desistir e a achar que não existia uma Igreja  verdadeira e pronto. Até eu me deparar com a última igreja a qual eu tive contato ‘A igreja dos mórmons'.


Quando eu conheci a igreja dos mormon eu achei que tinha achado a igreja verdadeira e que eu nunca mais iria precisar de procura por uma verdade de novo. Até porque eu já estava perdendo a esperança no Cristianismo. 


Mas o que me fez achar que a Igreja de jesus cristos dos santos dos  últimos dias era a igreja final e verdadeira?


Na minha humilde jornada em busca pela religião verdadeira, eu orava todos os dias pra que Deus me mostrasse a religião verdadeira ou aquela em que os ensinamentos chegaram mais perto da verdade. Eu pedia com muita fé e esperança que ele me mostrasse a qualquer momento, porque eu sabia que DEUS não deixaria o ser humano sem um luz, pura e reta. Assim como ele nunca nos deixou sem conhecimento da unicidade dele, nos enviando os profetas para nos guiar.


Quando eu conheci os mormon eu fiquei impressionada com a forma a qual eles se vestiam e tratavam os visitantes. Devo confessar que eu tendo vindo de uma  família simples e humilde, eu fiquei maravilhada com arquitetura e luxo da igreja, e mesmo assim as pessoas que lá frequentava eram muito receptivas e caritativas. 


A forma como eu era tratada na igreja do mormon, me fez entrar a fundo na religião e nos ensinamentos. Tudo que eu aprendi parecia ser verdadeiro e fazer sentido. Só que uma coisa eu não sabia da igreja e que eles te ensinavam apenas o que você precisa saber como iniciante na igreja. Então muitas coisas que eu aprendi só depois de alguns anos frequentando a igreja e até mesmo ter me batizado,  me fez me arrepender profundamente.


Então como Eu conhecio o islamismo?


Depois de alguns anos da minha saída da igreja dos mormon, eu comecei a pesquisar sobre várias religiões. Eu precisava de algo pra seguir, eu precisava encontrar um sentido pra minha vida, qual era o meu propósito e pra onde eu realmente iria depois da minha morte.


Eu pensei em varias religiões 'hinduísmo, budismo, e muitas outras que eu nem me lembro mais o nome, mas nunca pensei em ser MUÇULMANA. Nunca me passou pela mente. 

Mas como Deus é tão maravilhoso, Ele Deu uma forma de trazer o islamismo para minha vida mesmo assim.


Um certo dia lá estava eu em Londres saindo do trabalho pensando sobre a vida e lamentando as minhas frustrações sobre o mundo, para o motorista de ônibus. Foi quando eu conheci o islam. Eu não sei o porque eu estava falando as coisas que eu estava falando, acho que foi um impulso de Allah para me trazer para esse destino a qual me encontro hoje, Alhamdulillah.


Foi no meio de minhas palavras que saiu o nome Jesus, e o amor e respeito que eu tinha por ele, que o motorista respondeu que ele era muçulmano que seguia o islam e também amava Jesus. Eu não estava familiarizada com a palavra islã e muçulmano em inglês [islam and muslim], eu achei que as duas palavras eram coisas totalmente diferentes umas das outras que eu perguntei se ele era muslim ou islam. 


Ele me respondeu e explicou que muçulmanos eram aqueles que seguiam a religião do slã, e disse que ele também amava jesus e todos os profetas enviado por Deus, além de dar uma  explicação sobre a religião dele nos minutinhos que faltava para eu chegar no meu destino. Eu fiquei maravilhada e intrigada em saber que existia outra religião além do christianismo e ''judaísmo'' que acreditava em jesus e seguia o monoteísmo.


Talvez você esteja pensando que eu não tenha ido na escola ou algo assim, mas de fato eu fui, só que nos estudos que eram feitos sobre outras religiões e culturas do mundo, eu sempre pegava o hinduísmo para estudar. Porque tudo era feito em grupos e cada grupo pegava um topico diferente, por este motivos eu nunca cheguei a estudar o islamismo.


Voltando na história... Chegando em casa eu não conseguir esperar nem um minuto para pesquisar mais sobre o islam, e entender detalhes sobre essa nova religiao monoteista que mudara minha visão. levaram uma semana apenas de estudos e até lágrimas para entender que essa é a religião que eu pedi a Deus para me guiar.  Não havia uma pergunta sequer que eu fizesse sobre o mundo, sobre a criação ou até mesmo questões científicas que não fossem respondidas pelo Islam. Tudo se encaixava de uma forma que no christianismo faltava para mim .


Uma da coisas que mais me impactaram sobre o islamismo, foi a questão do monoteismo puro. A adoração de um unico Deus, e a atribuição de todas as coisas a Ele somente. O unico causador de tudo que existe, e de todos os milagres. O Unico que está sobre o controle de todas a coisas. O Unico que Salva, e que Perdoa. O Unico que guia. SubhannaAllah. Allah(Deus) não é homen e nem mulher e não há nada nesse universo e nem ninguem iqual a ele.


A minha surah favorita do alcorão sagrado é a Sura da unicidade.

AL ‘IKHLASS 112


Allah diz:


Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso. 

1 Dize: Ele é Deus, o Único! 

2 Deus! O Absoluto! 

3 Jamais gerou ou foi gerado! 

4 E ninguém é comparável a Ele!


SubhannaAllah, como não se impactar com essas lindas palavras.


Não apenas isso, a forma como os muçulmanos veem Deus e respeitam a Sua imagem assim como a imagem dos profetas. Proibindo qualquer imagem, pintura que simula Deus, sendo isso um pecado e uma blasfêmia. Porque como Deus diz no alcorão sagrado, ‘ Ele não é homem nem mulher e não há nada nesse mundo que se compare a Ele’. 


Eu sempre achei errado criar figuras de Deus ou até mesmo dos profetas como a de Jesus. Me pergunto como podem se apegar a uma imagem de Jesus criada por alguém, assim como as pessoas antigamente adoravam os próprios deuses de estátuas feitos com suas próprias mãos.


Bom, isto e apenas um pouco das muitas questoes que me levaram a me converte ao islamismo em menos de duas semanas após conhecer a religião, Alhamdulillah. Não dá pra escrever tudo neste artigo, mas farei outro post mais pra frente explicando detalhes de todas as questões. InshaAllah.


Mesmo assim agradeço por você ter lido este artigo até aqui. Também sou muito grata a Allah swt por me guiar, e oro para que Ele guie-nos pro caminho da senda reta. 


Espero que tenha gostado e se beneficiado de alguma forma deste artigo.


Salam.







Comentários

Postagens mais visitadas

Criação de Site/Blog

Criação de Site/Blog
Curso para Empreendedores